Presidiária entrega a filha de 6 meses para a mãe: "Não estou querendo acreditar"

Uma vida de programas sexuais, baladas e ostentação levou Carol à prisão. Encarcerada, ela descobriu que estava grávida. Nasceu Louise e a maternidade parece ter transformado Carol em uma nova pessoa. Hoje ela faz muitos planos para a vida ao lado da filha, mas há um problema sério que pode separá-las para sempre. Priscila teve uma grande surpresa ao descobrir sua gravidez logo na hora do parto. Durante os nove meses de gestação, a moça levou uma vida normal sem nem desconfiar que esperava um bebê. Lívia passou os seis meses a que tinha direito com a filha Ana Vitória na prisão. Até a última semana do período ela não tinha para entregar a criança, o que levaria Ana Vitória a ser encaminhada para adoção. Na última hora uma tia do pai da criança se prontificou a ficar com o bebê. Ana Vitória foi, então, levada ao Rio de Janeiro, onde vive hoje. O problema é que a situação já gerou uma disputa pela guarda da menina. Lívia quer a filha quando sair da prisão, mas a tia do pai já pensa na guarda definitiva.

Matheus tem 18 anos e pesa 258 kg. Morador de Luziânia, no interior de Goiás, ele sonha em ter uma vida norma e, para isso, precisa passar por uma cirurgia e tratamento médico, coisas que sua humilde família não tem condições de pagar. Saiba como o adolescente mais obeso do Brasil vive na reportagem do Câmera Record. Yago passou dois meses na barriga da mãe depois que ela já havia falecido. Depois disso, ficou mais cinco meses no hospital lutando pela vida. Agora, ele recebeu alta há alguns dias e hoje é motivo de orgulho para a medicina brasileira. Reportagem de Fernanda de Luca para o Papo de Mãe sobre Pais Jovens. Apresentação: Mariana Kotscho e Roberta Manreza Portal: papodemae. br Facebook: facebook papodemaeoficial Grupo: facebook groups programapapodemae Twitter: twitter papodemae Instagram.

Como o primeiro ano de vida de um bebê passa muito rápido (eu não acreditava, mas é verdade), resolvemos filmar todos os dias da nossa pequena Sofia. Para quem quiser sabe como ela está, instagram: @talitatolini. Maria Audenete Ferreira do Nascimento mora na comunidade de Muquém, na região metropolitana de Fortaleza, e tem 31 anos. Ela foi tardiamente diagnosticada com um caso grave de hipotireoidismo congênito, o que a fez ficar presa no corpo e na mente de uma criança de dois anos. Veja mais anomalias em: Na comunidade isolada de Muquém, em Fortaleza, vive Maria Audenete, uma mulher de 31 anos que está presa no corpo e na mente de uma criança de dois anos. Audenete sofre de um caso grave de hipotireoidismo congênito, ou seja, ela nasceu com pouco ou nenhum hormônio da tireóide, que é responsável pelo metabolismo do corpo, e caso haja uma baixa nesses hormônios o corpo começa a hibernar. Assim, o corpo de Audenete está hibernando desde quando ela tinha dois anos de idade e desde então ela não cresceu ou teve qualquer tipo de desenvolvimento mental. Audenete estaria levando uma vida normal se tivesse recebido um tratamento algumas semanas depois de nascer, mas sua doença só foi diagnosticada quando ela tinha oito anos de idade. MEU CORPO, MEU DESAFIO viaja o mundo em busca de histórias impressionantes e exemplos de superação protagonizados por pessoas portadoras de condições raras que causam alterações físicas drásticas. A produção visita e acompanha indivíduos que enfrentam desafios diários por conta de limitações físicas. Eles revelam como aprenderam a viver em um corpo considerado fora dos padrões da normalidade e demonstram que alegria, dedicação e amor à vida não dependem de aparência. INSCREVA-SE NO DISCOVERY CHANNEL BRASIL: Siga-nos no Facebook: Siga-nos no Twitter: Siga-nos no Instagram: @discoverybrasil Siga-nos no Google+: DISCOVERY BRASIL – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

2017.03.24T11:34:40
2098
2 305 356 Visualizações